Secretaria municipal de Meio Ambiente tem representante nos conselhos (Teodoro) e participará da eleição.

#Semcos – Porque o povo tem o direito de saber!

As unidades de conservação federais do Rio Paraná terão um conselho unificado na busca da proteção ambiental e/ou uso sustentável. A proposta já foi discutida e aprovada em reuniões em Mundo Novo, Taquarussu, Naviraí e Querência do Norte (Pr) e deverá ser concluída em junho próximo, em Naviraí ou Umuarama, com a eleição do novo conselho.

Instituições que pertencem aos treze setores escolhidos para compor o conselho estão aptas à candidatura: Produtores Rurais, Agricultura Familiar, Turismo, Pesca Profissional, Apicultura, Ilhéus, Ensino e Pesquisa, Indústria e Comércio, Indígenas, Hidrelétricas e Setor Público. São mais de vinte municípios em três estados (SP, Pr e MS) – só no MS são 11 municípios participantes.

Segundo o atual chefe da APA (Área de Proteção Ambiental das Ilhas e Várzeas do Rio Paraná), Erick Xavier, o objetivo é “otimizar a participação da sociedade e diminuir os custos da operacionalização…”. Erick explicou que, hoje, a APA é só para uso sustentável e o Conselho do Parque é para proteção integral. Teodoro Menezes, técnico da secretaria municipal de Meio Ambiente de Mundo Novo – e que faz parte dos dois conselhos -, apontou que “integrar a gestão é o melhor caminho”.

#PraCegoVer – Imagem da secretaria municipal de Meio Ambiente