“Reforma da escola continua e deve terminar em 60 dias”, diz diretora

 

Jandaia Caetano/Semcos –

A Escola Terezinha Mendonça, municipalizada no ano passado, iniciou o seu ano letivo no último dia primeiro e apontou que o número de alunos matriculados saltou para mais de 200.

Em 2019, ainda escola estadual, a Terezinha tinha 158 alunos divididos em oito turmas (1º ao 8º ano). No ano passado, com seis turmas (1º ao 4º ano), foram 168 alunos. Até a manhã desta sexta-feira (05), já são 213 estudantes matriculados nas nove turmas (1º ao 5º ano).

As informações são da Escola, através da diretora Rosimeire Lourenço. Ela também indicou que as reuniões com os pais explicando os 30 primeiros dias de aulas (no ensino remoto) já aconteceram.

“Se algum pai ou responsável perdeu a reunião pode nos procurar para esclarecimentos. Temos o ensino on-line, mas também o material impresso para os alunos com pouco ou nenhum acesso digital”, explicou Rosimeire.

O atendimento é das 7h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00 e o telefone é o 3474-1369.

Reforma continua e tem previsão de término em 60 dias

A reforma da Escola Terezinha Mendonça continua e tem uma previsão de termino em 60 dias, segundo a diretora da escola.

Pactuada com o Governo do Estado para a municipalização, a reforma de R$ 315 mil tem no seu projeto uma nova cozinha, reforma de salas de aulas (cobertura e pintura interna), banheiro com acessibilidade, reforma da secretaria e da parte elétrica, além de pintura interna e externa da unidade escolar.

O município também fez investimentos com recursos próprios e já denotou mais de R$ 50 mil para a escola.