Raysa Kawanne/Semcos –

O Ministério da Saúde publicou a versão atualizada do protocolo de manejo clínico e diagnostico de dengue. Ela enfatiza a importância dos grupos de risco, destacando os idosos como grupo de maior vulnerabilidade.

Diante disso, o município realizou uma capacitação na última semana, em quatro dias, para todas as unidades de saúde. A capacitação foi uma forma de auxiliar e preparar as equipes e saúde para a identificação precoce dos casos de dengue.

A palestra foi administrada pela coordenadora de Atenção Básica, Alessandra Antunes, a coordenadora de Epidemiologia, Daniela Laguna, e a médica Camila Yano.

O combate ao mosquito Aedes aegypti é de extrema importância. Além da dengue, o mosquito também é responsável pela transmissão de duas graves enfermidades: a chikungunya e a zika.

Vacinação

A secretaria de Saúde de Mundo Novo vem realizando a vacinação em crianças entre 10 a 14 anos na sala de vacinas, localizada na USB Central, e no ESF do Fleck. O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal. O Ministério da Saúde incorporou a vacina, conhecida como Qdenga, em dezembro de 2023.