Prefeito Valdomiro: “Quem não aproveita uma oportunidade de construir algo importante e pagar em 20 anos com juros de 0,5% ao mês?”

#Semcos – Porque o povo tem o direito de saber!
Crédito na Caixa Econômica iniciará com parcela mensal em torno de 30 mil reais paga com recurso do Fundersul

O município de Mundo Novo é um dos 20 do estado do Mato Grosso do Sul que tem condições de integrar o “Avançar Cidades” – projeto do Governo Federal financiado pela Caixa Econômica Federal.

O objetivo é ter um crédito de R$ 4.694.852,88 para construir uma avenida que começa na esquina da Avenida Adjalmo Saldanha e vai até o Ginásio de Esportes, passando por recapeamento da JK até a Avenida Castro Alves (Br-163).

O projeto prevê urbanização deste local, com canteiro central (já que é uma avenida), jardinagem, ciclovia, ponto de ônibus, iluminação, drenagem, recapeamento (JK), sinalização viária e calçada com acessibilidade.

O crédito prevê pagamento em 20 anos (com juros de 6% ao ano, 0,5% ao mês), com período de carência de 4 anos para o início do pagamento. O valor mensal no início deve ser em torno de R$ 30 mil e este valor vai caindo com os anos (como em um financiamento de casa própria).

A secretária municipal de Finanças, Vânia Parize, explicou que as parcelas poderão ser pagas com o recurso do Fundersul, já que este fundo que anteriormente era usado somente para vias rurais agora também pode ser usado nas vias urbanas.

MUNICÍPIO FOI APROVADO PORQUE TEM SAÚDE FINANCEIRA PARA ISTO; ASFALTO EM DEMAIS BAIRROS JÁ TEM EMENDAS PARA ISTO

Apenas vinte municípios têm aprovação para tentar fazer parte do projeto. Nova Alvorada do Sul e Bela Vista tiveram aprovação da Câmara para adquirir crédito de mais de R$ 14 milhões junto a Caixa.

O projeto em Mundo Novo deve ir à votação nesta segunda-feira (26), já que o prefeito Valdomiro Sobrinho (PR) apresentou o mesmo aos vereadores na última sexta-feira (23) – em reunião na Sala de Reuniões da prefeitura – e solicitou regime de urgência.

O prefeito Valdomiro e a secretária de Gestão e Planejamento , vice-prefeita Rosária, explicaram que o local escolhido foi em virtude de que emendas de asfalto para os bairros Vila Nova, Universitário, Copagril e São Jorge já estão encaminhados e faltam a liberação protocolar do governo federal ou estadual (caso da Avenida Rio Branco).

Já o local anunciado não havia projeto e com esta obra contemplam 210 funcionários da Dimatex, moradores do local (que recentemente cobraram em reunião na prefeitura asfalto diante da poeira do local), comércios da região e Sinserv (Sindicato dos Servidores Municipais de Mundo Novo).

APROVAÇÃO NA CÂMARA É 1ª ETAPA; SE APROVADO SERÁ ENCAMINHADO PARA GOVERNO

A Dimatex inclusive vem ampliando a sua unidade que fica no local onde pode ser construída a avenida e transferirá todos os seus funcionários para esta unidade, inclusive com possibilidade de ampliação do quadro de funcionários. Clayton, gerente da unidade, informou que os funcionários vão ao trabalho em quatro períodos e que ajudaria muito os mesmos e a empresa.

O projeto, caso seja aprovado, irá para o Governo e federal e terá boas chances de virar realidade. A votação na Câmara Municipal está programada para hoje, ás 19h00. Segundo o prefeito Valdomiro esta é uma ótima oportunidade, já que o município não tem condições de ajuntar R$ 5 milhões para esta obra, mas tem condições de pagar as parcelas.

“Quem, quando tem oportunidade de realizar um crédito deste para construir uma casa ou empreendimento e pagar 0,5% ao mês não aproveita a oportunidade. Temos que aproveitar a oportunidade, porque se não o fizermos quem perde é a população”, disse o prefeito.

Foto/Legenda: Prefeito Valdomiro: “Quem não aproveita uma oportunidade de construir algo importante e pagar em 20 anos com juros de 0,5% ao mês?”

#PraCegoVer – Imagens de uma parte que será beneficiada com o projeto.