Foto: Carina Yano/Semcos

Jandaia Caetano/Semcos –

Um movimento público e privado vem se construindo em Mundo Novo para solicitar que no projeto da Ferroeste um Terminal de Cargas Intermodal seja instalado no município. Está em andamento a integração Mato Grosso do Sul e Paraná, de Maracaju (MS) até o Porto de Paranaguá (Pr), pelo transporte ferroviário.

A geografia propícia de Mundo Novo é o ideal para a Ferroeste. Paraguai e tudo que descerá do Mato Grosso do Sul terá um local estratégico para o destino dos produtos. Este é o resumo e a luta do movimento que cresce em Mundo Novo.

Em recente reunião no município, na presença do secretário estadual de Governo de MS, Sérgio de Paula, a vice-prefeita Rosária Andrade fez a solicitação. Também estavam na reunião a deputada estadual Mara Caseiro e o deputado federal Beto Pereira.

Nesta segunda-feira (15), em uma live a Ferroeste será discutida pelo presidente da Associação Comercial do municio (Acimn), pelo empresário Júlio Lucca, representando o Codemn ( Conselho Desenvolvimento Econômico de Mundo Novo), e pelo presidente da Faems (Federação das Associações Empresariais de Mato Grosso do Sul), Alfredo Zamlutti.