#PraCegoVer - Imagem interna de Anfiteatro Dorcelina Folador com professores na prova de títulos.

Jandaia Caetano/Semcos –

O Governo de Mundo Novo realizou nesta quinta e sexta-feira (05) o seu Processo Seletivo Simplificado para a escolha de professores para a Rede Municipal de Ensino.

São profissionais para os cinco centros de Educação Infantil e escolas municipais Carlos Chagas e Terezinha Mendonça. Na Carlos Chagas, além do Ensino Fundamental I, é ofertada a modalidade EJA (Ensino de Jovens e Adultos).

O novo Processo Seletivo, pela primeira vez na história do município na área da Educação, é classificatório. Anteriormente, a escolha dos profissionais vinha após cadastro do professor e análise curricular pela Secretaria Municipal de Educação.

Com o novo processo, o candidato já tem a conferência da documentação na hora e a sua pontuação apresentada, com a certificação de um membro da Comissão. A lotação será por ordem de classificação e não mais por análise curricular subjetiva.

Pontuam, conforme edital, a graduação do professor (uma segunda também pontua), duas especializações (pós-graduação), um mestrado e um doutorado, além de experiência na Rede Pública (Estadual e Municipal) nos últimos cinco anos.

A secretária municipal de Educação (Semed) , Camila Rubim, apontou a transparência do processo. “O edital baseamos no exemplo do Governo do Estado e saiu no Diário Oficial da segunda-feira (1º). Ele foi amplamente divulgado entre os professores e tivemos uma grande procura. O mais legal é ver nos olhos dos professores a confiança na licitude do processo”, concluiu Camila.

Na próxima semana a Semed divulga a classificação e os profissionais que trabalharão em 2021 na Rede Municipal. A Comissão Permanente de Processo Seletivo Simplificado tem a participação de cinco membros: Márcia Paiva (professora efetiva); Thiago Couto (professor efetivo), Delci Sonnemberg (coordenadora de Educação Infantil), Cláudia Brito (coordenadora de Educação Infantil) e Valdinere Moraes (coordenadora de Educação Infantil).