Foto: Carina Yano/Semcos

Jandaia Caetano/Semcos-

O Governo de Mundo Novo vem fazendo um investimento milionário na Coleta Seletiva do município, em parceria com a Itaipu, e nesta quinta-feira (29) uma reunião com a Aramn (Associação dos Recicladores Ambientais de Mundo Novo) discutiu a estruturação da associação.

Segundo a coordenadora municipal da Coleta Seletiva, Jaqueline Meireles, em dois meses a UVR (Unidade de Valorização de Recicláveis) deve ser concluída, no bairro Universitário. A expectativa é que a nova Coleta já esteja em funcionamento no segundo semestre deste ano.

“Não teremos mais catadores da Aramn nas ruas. A população ganhará os sacos de ráfias e farão a sua coleta em casa e o caminhão passará recolhendo. Estes trabalhadores terão melhores condições de trabalho”, disse Jaqueline.

Foi discutida a eleição da nova diretoria e a aprovação de estatuto, além de contrato para entrar na UVR. Uma nova reunião deve ocorrer nos próximos dias.

O encontro ocorreu no Anfiteatro Dorcelina Folador e teve explanação da técnica da Itaipu, Luana Lenhard, vice-prefeita Rosária, secretário de Meio Ambiente Vanderlei Botega e visita da associação de catadores de Francisco Alves.

Confira o que foi e o que será adquirido

Marcelo Uliana, da Itaipu Binacional, apontou que a associação precisa se organizar e se adequar ao novo formato. “O conceito da UVR é de uma empresa. Eles terão metas e regras para um bom funcionamento. Estamos, ao lado da prefeitura, dando o suporte para eles se organizarem para uma boa administração da UVR”, explicou Uliana.

O convênio ente a Itaipu e a prefeitura têm um investimento de R$ 1,8 milhão em investimento financeiro dos dois órgãos. UVR, cercamento do Horto, caminhão e triturador de galhos já foram licitados e adquiridos ou em andamento.

Na sequência serão equipamentos para a UVR, matérias de escritório, informática e eletrodomésticos, uniformes, materiais de segurança (EPI) e sacos de ráfia. Estas últimas aquisições serão feitas por licitação, em algo próximo aos R$ 500 mil.