#PraCegoVer - Imagem com inscrição na parte superior: Evite Multas - Limpe seu Terreno. Na parte à esquerda um quadto com ações de prevenção a proliferação de larvas do Aedes Aegypti. Abaixo o brasão do município, seguiido do logo da Secretaria Municipal de Saúde e do slogan Todos Contra o Mosquito. Imagem ao fundo de uma pessoa podando grama de um quinta com uma máquina costal.

O descarte correto de galhadas e entulhos também está sendo observado

Jandaia Caetano/Semcos –

O Governo de Mundo Novo, através das secretarias de Saúde e de Meio Ambiente, iniciou uma campanha de fiscalização para que terrenos estejam em boas condições, assim como evitar o descarte incorreto de galhadas e entulhos.

Maicon Martins, supervisor na Coordenadoria Municipal de Endemias apontou que já realizou seis notificações e que as visitas vem dando resultado positivo: “As pessoas vem colaborando. A multa é de R$ 350,00. Na reincidência, fica R$ 700,00. Notificamos e em três dias o proprietário pode fazer a limpeza. Caso contrário, aplicamos a multa”, explicou o agente.

Para o descarte correto de galhadas e entulhos o munícipe pode encaminhar o material para o local que fica as margens da Br-163, saída para Guaíra, ao lado da Hemoprot. Dúvidas e requisições de serviços devem ser feitos na Infraestrutura (entulhos e limpezas) e Meio Ambiente (galhadas) há um custo de R$ 96,83.

Preocupação com a dengue

Leandro Camargo, agente da coordenadoria de Endemias, apontou que as segundas-feiras o setor vai até o Hospital Bezerra de Menezes para ver se há notificações de pessoas com dengue.

“Estamos na Semana 5 e nenhum caso foi verificado. Apenas na Semana 3, com um caso. É importante salientar que só podemos fazer a cobertura com o inseticida em casos notificados pelo SUS. Casos de laboratório particular não entram”, explicou Camargo.

O agente também deixou claro que o setor estará buscando um alinhamento com os laboratórios. “Pode haver casos de pessoas com exames em laboratório particular e não informados pra gente”, apontou. Ele reafirmou que a Saúde do município tem o inseticida Cielo, mas que há a necessidade de prestar contas para a Secretaria Estadual de Saúde.

“Se não temos nenhum caso notificado, não podemos usar o inseticida. Por isto é importante informar o Hospital ou o nosso setor”, completou Leandro. A Coordenadoria Municipal de Endemias fica em anexo a UBS Central de Saúde Waldir Pazotti.

Contatos:

Infraestrutura – 3474-1975;

Meio Ambiente – 3474-2452;

Endemias – 3474- 5306.