#Semcos
Trabalhadores também terão horários alternativos: 6h30 e 12h00 às 18h00; recentemente 300 próteses dentárias (R$ 80 mil) foram licitadas

O Governo de Mundo Novo, através da secretaria municipal de Saúde, propicia para a população uma inovação no município. Os ESF’s dos bairros e a UBS Central estão tendendo com hora marcada, ou seja, o paciente não precisa mais chegar as 7h00 da manhã e esperar a sua vez. Ele já terá o seu horário definido.

Para agendar o atendimento, o paciente deve ir no dia anterior, de preferência, pela manhã e levar o cartão do SUS atualizado. Agendamentos e atendimentos acontecem das 7h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00.

A coordenadora municipal de saúde Bucal, Nerilséia Marques, agradeceu a administração por conseguir realizar um sonho antigo, a do agendamento: “Eu acredito na saúde pública e o atendimento tem que ser o mesmo da iniciativa privada. Assim damos mais conforto para os munícipes”, pontuou Nerilséia.

A coordenadora lembrou que os casos de urgência e emergência (pacientes com dor) são atendidos na hora e se um odontólogo estiver de licença, férias ou doente, uma ambulância é chamada para levar o paciente do posto de saúde mais próximo da sua casa até outro para a realização do procedimento de urgência e emergência.

Trabalhadores têm horário fora do horário comercial

Outra importante ação é a oferta de horários alternativos para trabalhadores, a partir do próximo mês. Na Unidade Básica de saúde Central Waldir Pazotti, o atendimento começa ás 6h30. Outro horário que contempla estes funcionários é o das 12h00 às 18h00, também na UBS Central.

Porém, o munícipe terá que comprovar que trabalha e precisa utilizar estes horários. Recentemente a administração licitou 300 próteses dentárias móveis (parcial e total), investimento que chegou a R$ 80 mil.

Todavia, Nerilséia aponta que a prevenção é o melhor caminho e que a “extração é o último passo, uma mutilação do corpo”. Trabalhos em prevenção em entidades, escolas e centros de Educação Infantil são realizados.

Atendimentos de praxe, como restauração, extração, limpeza, raspagem e próteses de prevenção são feitas, além de atendimentos a pessoas especiais. Ações mais complexas são encaminhadas para o Centro de Especialidade em Naviraí: canal; cirurgia de terceiros molares; biópsia; complexidade em atendimentos a pessoas especiais; e periodontia.

Texto: Jandaia Caetano
Fotos: Neco Rocha

#PraCegoVer – Imagens de dentro do consultório odontológico nos ESF’s de dentistas realizando atendimento com pacientes

COMPARTILHAR