#Semcos
Confira algumas ações: Notificações e multas em terrenos e quintais mal cuidados, tratamento de pacientes, liberação de recursos

O prefeito Valdomiro Sobrinho (PR) decretou estado de emergência por 180 dias diante do quadro de preocupação com a Dengue. O aumento no número de suspeitos e o alarme do governo do estado quanto a questão anormal no Mato grosso do Sul, caracterizada como de Emergência no Combate de Dengue Clássico e Dengue Hemorrágico foram essenciais para a publicação do decreto.

Desta feita, as secretarias de Infraestrutura e de Saúde estão fazendo um levantamento dos terrenos em situação precária e notificações serão realizadas aos proprietários. Se em três dias não forem tomadas as providências, um auto de infração é feito e uma multa no valor de R$ 398,82 é aplicada. A multa faz parte do Código de Postura de 2015, na época estipulada em R$ 350,00 (valor atual corrigido pelo IPCA).

Terrenos e imóveis poderão ser visitados por agentes da Endemias, independente do consentimento prévio do proprietário, das 8h00 às 16h00, devidamente identificados e acompanhados de autoridade policial, em casas fechadas ou abandonadas, terrenos murados e baldios.

A Saúde também terá o apoio especial da secretaria municipal de Finanças, no atendimento médico-hospitalar adequado aos pacientes e na aquisição de equipamentos e requerer, inclusive, a contratação de pessoal.

Confira a orientação do decreto para a população:

I – mantenham bem tampados caixas, tonéis e barris de água;
II – coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada;
III – não jogue lixo em terrenos baldios;
IV – se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo;
V – não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje;
VI – encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda;
VII – se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva;
VIII – limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água;
IX – lave com frequência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelo menos uma vez por emana.
X – os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana, sendo importante trocar a água desses vasos com frequência.

#PraCegoVer – Banner de divulgação contra a Dengue.
Texto: Jandaia Caetano
Banner: Semcos

COMPARTILHAR