#Semcos
Carlos Chagas e Centros de Educação Infantil atenderão mais de 500 crianças, de 3 à 14 anos

A partir deste mês começa em Mundo Novo o projeto Escola em Flores na Escola Municipal Carlos Chagas e nos centros de Educação Infantil Paulo Freire, Elmo Jorge, Monteiro Lobato, Guaicuru e José Honorato. O Governo de Mundo Novo apresentou o projeto e teve a parceria e aprovação da Itaipu Binacional e Conselho dos Municípios Lindeiros.

Além da escola e dos Cei’s, as rotatórias também receberá as crianças para a ação de paisagismo. O projeto começa com palestras, aquisição dos itens necessários, e depois, a confecção dos canteiros. Estufa no Viveiro Municipal servirá de base. Cerca de 5 mil flores serão adquiridas, das espécies Petúnia colorida, Tagete colorido, Velosia vermelha, amarela e roxa, Amor Perfeito e Boca de leão colorido.

“Despertar nas crianças o amor pela natureza e a valorização do meio em que vivemos”. Assim, Thiago Couto, definiu o projeto “Escola em Flores”. Thiago, coordenador de programas e projetos da Semed (Secretaria de Educação), ao lado do diretor de Meio Ambiente, Teodoro Meneses, são gestores ambientais no Coletivo Educador BP3 (Bacia do Paraná 3) e coordenadores do Escola em Flores.

Várias secretarias estão integradas no projeto (Semed, Meio Ambiente, Semcos, Infraestrutura, Agricultura). O investimento ultrapassa os R$ 10 mil: R$ 9.168,49 (Itaipu/ Lindeiros) e R$ 1.500,00 (prefeitura). O Governo de Mundo Novo, além do dinheiro, oferta a estrutura para a realização do projeto (servidores, maquinários…).

Outra parceria de sucesso similar aconteceu com o projeto Consciência Nutricional na Escola Municipal Carlos Chagas, coordenado pela professora Gracielle Daczkowski. Os canteiros na escola envolvem os alunos e abastecem a merenda do Carlos Chagas e se tornaram uma ferramenta pedagógica.

#PraCegoVer – Imagens de rotatória na Avenida Salvador e de arquivo do projeto de Consciência Ambiental e Nutricional na Escola.

Fotos: Carina Yano e Arquivo Semcos

COMPARTILHAR